MENU

Série cristã aborda dilemas envolvendo adolescentes e tecnologia

-10 | A vida não é um jogo pretende provocar uma reflexão sobre os principais perigos da tecnologia.


- 10 - A vida não é um jogo
– 10 – A vida não é um jogo. (Foto: Divulgação)

Com um mundo cada vez mais digital, o número de crianças e adolescentes que mergulham no universo virtual antes do preparo adequado só cresce. De acordo com uma pesquisa divulgada pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil, 82% das crianças e adolescentes entre 9 e 17 anos são usuários da internet.

Outra pesquisa feita pela Universidade Federal de São Paulo apontou que 68% dos jovens entrevistados entre 13 e 17 anos eram considerados dependentes moderados das tecnologias enquanto 20% poderiam ser considerados graves dependentes.

Nesse contexto, se faz necessário a discussão de questões relacionadas ao bom uso do ambiente virtual. A Plataforma Feliz 7 Play e a Seven Filmes resolveram ampliar o debate e lançaram no início do mês a série “- 10, a vida não é um jogo” que aborda, com o olhar cristão, a relação entre o adolescente e a tecnologia.

Dirigido por Jefferson Nali e com roteiro de Luciana Costa, a obra provoca uma reflexão sobre os principais perigos da tecnologia. A produção aborda outros temas igualmente importantes como bullying, amizades e questões familiares, em uma linguagem totalmente voltada ao público jovem.

“Eu tenho uma filha adolescente, converso muito com ela, vejo que o avanço da tecnologia tem uma ligação direta com esta geração que está conectada 24 horas por dia”, revelou a roteirista.

A série é dividida em dez capítulos, com a duração de aproximadamente dez minutos cada. Inspirado na bíblia, cada episódio faz referência a um dos dez mandamentos. Os episódios vão ao ar toda sexta-feira, às 19h, na plataforma Feliz 7 Play.

Assista um teaser:



Assuntos: ,


Deixe sua opinião!

Mais notícias