Igrejas se juntam para produzir filme no Tocantins

NEle Minha Fortaleza é a primeira produção cristã tocantinense


Igrejas se juntam para produzir filme no Tocantins

O estado do Tocantins é o espaço de produção do longa NEle Minha Fortaleza. Primeiro filme cristão a ser totalmente produzido no estado, a obra envolve o esforço de várias igrejas, atores, produtores e voluntários.

NEle Minha Fortaleza é financiado de forma privada e com doações, além de contar com o apoio de igrejas e seus respectivos grupos de teatros locais.

O produtor e diretor de vídeo Rodrigo Noleto afirma que, para a obra, foram mais de dois anos de preparo para os atores. A seleção dos personagens se deu no primeiro semestre deste ano e estima-se que a obra esteja pronta daqui a dois anos.

“Trabalhamos com voluntariado. As pessoas envolvidas neste projeto tem se doado e ajudado financeiramente, pois as despesas com cada dia de captações é muito grande”, contou o diretor.

“Temos despesas com transportes e alimentação, sem falar do custo com a produção em si. Por isso criamos um site para receber doações de quem queira colaborar conosco”, afirmou Rodrigo, ao se referir a um portal de doações.

Cristão, Rodrigo Noleto trabalha há mais de 10 anos com audiovisual. Segundo ele, o interesse em produzir o filme se iniciou depois de uma viagem à Los Angeles, nos Estados Unidos, com membros da Igreja Internacional da Renovação (IIR) de Palmas, da qual é membro.

“Visitamos uma igreja local no dia do lançamento um filme cristão que a Igreja realizou juntamente com os estúdios Warner Bros, e fiquei pensando que, com exceção dos filmes com roteiros bíblicos, é difícil encontrar filmes de ficção, que levem as pessoas a refletirem sobre suas vidas e mudarem seus destinos em apenas noventa minutos de um filme”, relembrou.

Depois disso, Rodrigo procurou um curso na área de produção audiovisual. Durante seu processo de aprendizado, encontrou pessoas para somarem em seu projeto totalmente nacional.

“Desse encontro surgiu parcerias, várias pessoas mostraram se interessadas em levar o projeto adiante”, disse ele. A obra é feita em parceria com a Gadita Filmes e KZA Filme de Esdras Campos.




Deixe seu comentário!