Filme vai contar a história de ex-gay que se tornou pastor

A trama é baseada em um artigo escrito por um militante homossexual que trabalhou com Michal Glatze em uma revista gay voltada para jovens


Filme vai contar a história de ex-gay que se tornou pastor

A história do pastor Michael Glatze será retratada nas telonas, contando como um militante do movimento gay se tornou pastor evangélico e começou a pregar contra a prática homossexual.

O filme será dirigido por Justin Kelly, tendo Gus Van Sant como produtor executivo. Segundo o site Omelete a produção do longa já tem alguns atores confirmados: James Franco no papel principal; Zachary Quinto, como o ex-namorado de Michael e Emma Roberts como a atual namorada do ex-gay.

O roteiro do filme foi baseado no artigo “My Ex Gay Friend” publicado em 2011 na New York Times Magazine escrito por Benoit Denizet-Lewis. No texto o autor conta como Glatze era empenhado no trabalho das revistas gays XY e na YGA (Young Gay America) sendo que esta segunda ele atuava como co-fundador.


  Professor ensina a cantar afinado em 61 dias


Em julho de 2007 Glatze deixou de ser um militante da causa homossexual e incentivador de jovens para se tornar evangélico ao se converter na A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (igreja que deixou tempo depois para frequentar outra denominação).

Ao falar sobre seu passado como homossexual, ele escreveu que se tornou gay em um momento de fraqueza. “A homossexualidade veio fácil para mim, porque eu já estava fraco”, escreveu ele para uma revista americana de extrema-direita.

Quando escreveu o artigo para a New York Times Magazine, Denizet-Lewis relatou como encontrou seu amigo de militância e tudo o que ele sentiu ao ver que ele se tornara em um militante “anti-gay” por passar a pregar contra a homossexualidade.

O longa não tem previsão de estreia, após definir todo o elenco o filme dará início às filmagens. Além de Justin Kelly e Gus Van Sant, Vince Jolivette, Michael Mendelsohn, Ron Singer e Scott Reed também fazem parte da produção.




Deixe seu comentário!